sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Io penso positivo perché son vivo, perché son vivo...

A última vez que tinha ouvido esta música foi na bellissima Italia! No longínquo e saudoso Verão de 2006... No Fiat (pois, tá claro!) do homem mais bonito do mundo e quiçá de Itália, com o próprio a acompanhar o não menos belo (quer dizer, é bem menos belo, mas assim fica mais poético!) Jovanotti, em gritos encantadoramente desafinados, por entre belas montanhas a caminho das igualmente belas grutas de Buso de La Rana! Ahh...
Ontem, ouvi-a num programa de TV e hoje decidi ir à procura dela. Foi como que um rasgo de sol, a interromper estes dias de clausura dedicada ao estudo, com este cansativo céu cinzento que não pára de chorar. Loool
De resto, descobri hoje que não tem uma letra muito católica, mas perdoa-se com a mensagem: Io penso positivo perché son vivo, perché son vivo! Para mim é quanto baste...

terça-feira, 27 de janeiro de 2009


Se eu soprar muito, com muita força, os problemas vão-se embora? Se eu soprar com muita, muita força, vão-se embora as chatices, as frustrações, os medos e as obrigações? Se eu soprar com muita força posso ir para outro lugar onde seja Primavera e eu não tenha o que fazer?

Posso voltar a ser pequenina, se eu pedir com muita força?

Posso deixar tudo e fugir para bem longe?